Acessibilidade

Estudantes voluntários aprimoram conhecimentos no Arquivo Público

Fotos: Arquivo Sead

Há um mês, 17 voluntários estão atuando no Arquivo Público do Estado do Amazonas. São estudantes de faculdades públicas e privadas, dos cursos de Arquivologia, Administração, Biblioteconomia, História, e Publicidade e Propaganda, selecionados em meio a 55 candidatos inscritos. Eles fazem parte do Programa de Voluntariado do Arquivo Público do Estado, voltado a reforçar o aprendizado e o preparo profissional dos alunos no contato com o espaço, que guarda parte da História do Amazonas.

“Os estudantes serão beneficiados com a participação em projetos, o que reforça o aprendizado acadêmico e o preparo para o mercado de trabalho. É a oportunidade de adquirir experiência profissional e o contato com projetos direcionados para sua área de conhecimento, o que certamente fará toda diferença na inserção no mercado de trabalho e na sua projeção profissional”, disse Inês Carolina Simonetti, titular da Secretaria de Estado da Administração e Gestão (Sead), que administra o órgão integrante da estrutura do Governo do Amazonas.

Os 17 voluntários são estudantes das instituições de ensino superior Nilton Lins, Uninorte e Universidade Federal do Amazonas (Ufam). Harrison Lima, acadêmico do curso de História da Uninorte, disse que ficou sabendo da seleção por meio de um grupo de Whatsapp da faculdade.

“Decidi pesquisar o que era essa oportunidade. No YouTube, encontrei um vídeo sobre o Arquivo Público e vi que lá constavam arquivos históricos da época da República, algo extremamente importante para quem é do curso de História. Foi então que decidi participar. No curso de História, a gente tem contato com a teoria, e no Arquivo a gente tem contato com a prática”, explicou ele.

“Tenho contato com documentos que foram redigidos com palavras já em desuso. A língua portuguesa era diferente. É possível entender, também, como era a política na época. A área de História é escassa de profissionais capacitados para trabalhar com a classificação de documentos. Vi, no Arquivo, uma oportunidade incrível”, contou o estudante.

O chefe do Arquivo Público do Estado do Amazonas, Marcelo Araújo Silva, explicou que o Programa de Voluntariado irá auxiliar na coordenação da gestão e difusão do espaço. “Vamos fortalecer o acesso aos documentos públicos e a difusão da história do Amazonas e da Amazônia. O programa vai auxiliar, também, na modernização das práticas de gestão de documentos e uso de tecnologias aplicada aos arquivos”, disse.

Em relação às práticas de gestão e tecnologia, as ações do programa devem influenciar no ciclo de vida dos documentos, que vai desde a produção até a destinação final. Essa destinação pode ser o descarte ou o envio para o Arquivo Público para compor o acervo histórico do Estado.

Fotos: Arquivo Sead


Seleção
– Os voluntários se inscreveram no programa por e-mail. Em julho, passaram por entrevista. Antes de começar a atuar, participaram de oficina de preservação e conservação de documentos. Depois, passaram pela oficina de identificação tipológica.

Agora, estudantes de História, Arquivologia e Biblioteconomia são responsáveis pelas atividades de identificação, analise, digitalização e organização dos documentos manuscritos de 1846-1930.

Já os acadêmicos de Administração estão fazendo o mapeamento de processos, fluxos e normatização de procedimentos. Os estudantes de Publicidade e Propaganda estão estudando e elaborando o plano de marketing e visibilidade institucional com foco em mídias sociais.